Inland lança condomínio Santa Catarina em Lisboa

O Grupo Inland acaba de apresentar o seu primeiro projecto residencial: o condomínio Santa Catarina. Localizado em Lisboa, em plena Baixa e situado no bairro histórico com o mesmo nome, numa área classificada pelo Plano Director Municipal como “área histórica habitacional”, o condomínio Santa Catarina constitui-se simultaneamente como o primeiro projecto de reabilitação urbana deste promotor imobiliário e teve a assinatura de Carrilho da Graça.
No âmbito da cerimónia de inauguração, o arquitecto reconhecido com o Prémio Pessoa 2008 destacou a “oportunidade excelente” que teve em realizar um trabalho em que procurou “preservar os elementos-chave do existente”, tendo em conta “o objectivo de intemporalidade” para o condomínio.
Não obstante, continua Carrilho da Graça, “este projecto representa uma viagem no tempo desde a segunda metade do século XVIII, em que se evocou e reinventou de forma sofisticada a estrutura original, adaptando-a aos nossos dias”.
Conforme sublinha o autor do projecto, “ao contrário do habitual, a opção foi trabalhar sobre o que existia e não destruir”, sendo que, o que resulta, “é uma intervenção contemporânea, que resolve e qualifica espaços que se apresentavam descaracterizados”.
Descrito como “um empreendimento residencial de autor”, o Santa Catarina correspondeu ao investimento de 19 milhões de euros e é composto por “uma edição limitada de apenas 19 residências únicas, cheias de charme e todas diferentes entre si”, referiu o presidente do Grupo Inland, Tiago Vieira.
Aposta nos acabamentos
 
Com tipologias entre o T1 (com 135 metros quadrados) e o T5 (com 436 metros quadrados), o destaque do condomínio recai no facto de que “cada um dos 19 apartamentos possui pormenores exclusivos, o que o tornam único”. Comum é a vista para o logradouro com um amplo relvado, a piscina exterior e o vale de Santos, onde se destaca o bairro e a Basílica da Estrela.
Não obstante, o condomínio dispõe de sauna, dois espaços comerciais e um estacionamento privativo com 35 lugares. Uma das apostas do promotor passou por “escolher os melhores acabamentos”, pelo que as habitações apresentam “pavimentos de soalho em madeira de riga de primeira escolha à antiga portuguesa, e paredes em estuque projectado do tipo Seral”.
Conforme adiantam os responsáveis do empreendimento, “o tecto é revestido a contraplacado de alta densidade e vigamentos de madeira de casquinha, os rodapés são em Mdf hidrófugo com 15 centímetros de altura”, enquanto que “nas casas de banho, as paredes são revestidas parcialmente a pedra de lioz, com acabamento serrado”.
Paralelamente, o empreendimento constitui-se como “um exemplo de reabilitação energética”, ao dispor de “um conjunto de sistemas energéticos que asseguram elevada comodidade de utilização”.
A este nível, os responsáveis destacam a integração de 60 metros quadrados de painéis solares térmicos e a instalação térmica centralizada, que garante o aquecimento e um sistema de arrefecimento com capacidade de transmitir calor para as Águas Quentes Sanitárias.
[caixa] Inland investe 7,5 ME na reabilitação de dois edifícios “vizinhos” do Santa Catarina
 
O Grupo Inland vai investir 7,5 milhões de euros na reabilitação de dois edifícios contíguos ao condomínio Santa Catarina. No âmbito da apresentação do condomínio Santa Catarina, o presidente do promotor imobiliário, Tiago Vieira, confirmou o interesse do grupo em investir na Baixa lisboeta, referindo que “esta é uma aposta acertada de reabilitação urbana do Grupo Inland, que se vai brevemente estender a mais dois edifícios no mesmo quarteirão”.
Desta feita, Tiago Vieira adiantou que o novo projecto se reparte pelo lançamento de um imóvel que conta com uma dezena de apartamentos, cujas tipologias variam entre T1 e T2, e um outro imóvel, que conta somente com oito apartamentos e cujas tipologias vão de T1 a T3.
Resta acrescentar que a reabilitação dos dois edifícios foi licenciada no passado mês de Setembro, estando as obras previstas para arrancar no início do próximo ano. Recorde-se que, em Lisboa, o Grupo Inland conta ainda com imóveis de escritórios, o Art´s Business & Hotel Centre e o Central Office, ambos situados no Parque das Nações.
artigo publicado no jornal Construir

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s