#118

Levantar os olhos do livro (ia sempre a ler, no comboio) e reencontrar peça a peça a paisagem – o muro, a figueira, a nora, o canavial, o rochedo – as coisas vistas desde sempre e em que, por ter estado longe delas, só agora reparava: era este o modo em que todas as vezes que lá voltava, Quinto retomava o contacto com a sua terra, a Riviera. Mas como durava há anos esta história, da sua ausência e dos seus retornos esporádicos, que gosto tinha? Já sabia tudo de cor; no entanto, continuava a tentar fazer novas descobertas, assim de fugida, com um olho no livro e o outro para fora da janela, e agora já era só uma confirmação de observações, sempre as mesmas.

Italo Calvino, ‘A Especulação Imobiliária’ 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s