#218

Idealizemos um estádio de futebol, com vários pisos de celas, nenhuma com porta. O único carcereiro, situado na construção circular, inspecciona sozinho o movimento de centenas de prisioneiros. O modelo panóptico de Bentham, descrito por Foucault em ‘Vigiar e Punir’, foi adoptado por muitos presídios. Hoje vivemos assim, numa sociedade panóptica onde, em qualquer lugar, há sempre um olho a ver-nos. Somos vistos e não vemos quem nos vê.

Vítor Belanciano, revista P2

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s