#298

Pessoalmente, gostava de ler esta crónica saída da caneta de um leitor anónimo ou do meu vizinho do 2º direito, cujo nome nunca soube nem perguntei e com quem nunca troquei mais do que um bom-dia ou uma boa-noite quando nos cruzamos nas escadas, mas que sei que é, tal como eu, uma testemunha do quotidiano desta cidade [Lisboa].

Kalaf, revista P2

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s