#464

Parece que a livraria [Esperança] do Funchal não é um estabelecimento comercial mas um organismo vivo e diligente que todos os dias reabre depois de, durante a noite, os livros terem conversado uns com os outros sobre o leitor que, mais cedo ou mais tarde, virá por cada um deles.

Manuel Jorge Marmelo, blogue Teatro Anatómico

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s