#473

O Alentejo é o contrário de qualquer coisa à venda. […] O Alentejo é o contrário de qualquer coisa a qualquer preço. […] A primeira coisa que muda quando deixamos de morar na cidade são as nossas mãos. Neste momento, tenho três queimaduras, vários calos, um buraquinho e uma aparência geral de lixa.

Alexandra Lucas Coelho, revista P2

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s