#509

[O projecto da Casa Manoel de Oliveira, no Porto] foi feito à imagem do cinema Estúdio, em Lisboa, construído num terraço todo em vidro e fechado com uma cortina. Vi lá um filme de Tarkovski. No final abriu a cortina e tinha-se uma vista fantástica de Lisboa. Fiz dezenas de maquetes. A dada altura alguém disse que parecia uma mosca. Relacionei então com uma entrevista que li de Eduardo Lourenço, na qual dizia que hoje o nosso olhar é como o das moscas, e vai em todas as direcções.

Eduardo Souto Moura, expresso

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s