#651

Não é fácil chegar ao Ministério do Futuro. Viajando de carro a partir do centro de Seul, passam duas horas até se chegar ao portão principal. Para fugir ao trânsito, o motorista atravessa várias vezes o Han, o rio que deu o nome ao célebre ‘milagre económico’ da Coreia do Sul. […] Formalmente chama-se Ministério da Ciência, Informação, Comunicação e Tecnologia, e Planeamento Futuro. […] Criticam-lhe o nome (longo e retórico), a ambição (‘superministério’) e o facto de a tradução de coreano para inglês resultar numa imagem anti-darwinista: Ministério da Ciência e Criação Futura. Aqui, ‘criação’ significa criatividade e esse é o plano da nova presidente Park Geun-hye. […] A receita foi anunciada na tomada de posse, em Fevereiro de 2013. No seu discurso, a nova presidente prometeu uma ‘nova era de felicidade’, um ‘novo futuro’, uma ‘nova era de esperança’, um ‘novo capítulo do Milagre do Rio Han’. […] A sua nova Coreia vai nascer a partir de uma coisa que só existe dentro das nossas cabeças: a criatividade. […] ‘Sendo uma sociedade com um quadro mental muito rígido e hierarquizado, provavelmente, como o chefe manda ter ideias, as pessoas vão ter ideias. Mas pode ser-se criativo por decreto?’ [questiona Pina e Cunha, professor]

Bárbara Reis, jornal Público

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s