#663

A gente com os clássicos russos fica em nervos. Estamos a perceber tudo acerca da perfídia humana, assistimos ao modo como as vítimas se põem a jeito, os caldos todos preparados, uma desgraça sempre anunciada, e não há o que fazer. Uma e outra vez a condição humana é a tristeza e o desalento. Lemos os russos com vontade de gritar para dentro do livro umas coisas bem gritadas às pessoas esperançadas. As esperançadas é que nos partem o coração. Mas os livros só falam. Não escutam. É um grave defeito.

Valter Hugo Mãe, revista P2

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s