#698

A escolha é tremenda mas a morte é certa. Aqui não há lugar a recursos, remorsos ou apelos. Todos sem excepção, desde que aqui chegam, se sabem mortos. Mais cedo ou mais tarde. Da mesma forma como todos os que nascem e vivem lá fora. A diferença é que, enquanto uns sabem de forma precisa, o dia e a hora, como numa premonição, os outros aguardam em rebanhos, tresmalhados pelo meio dos dias.

Sandro William Junqueira, ‘O Caderno do Algoz’

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s