#948

De tempos a tempos preciso de encontrar um contraponto para a montanha-russa emocional que é dar concertos de rock’n’roll todos os dias. Um modo de me reagrupar, como pessoa e como artista, espectáculo após espectáculo, digressão após digressão, disco após disco. Porque fica um grande vazio por preencher, depois do último acorde e das últimas palmas. […] A marcha da carrinha abranda, estamos a chegar a Zurique. Daqui a poucas horas farei o último concerto da digressão, terei mais uma descarga de adrenalina e êxtase, e depois ficarei a sentir-me vazio por uns dias.

Paulo Furtado aka Legendary Tigerman, Ipsilon

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s