shortcut #24: da valsa

Desde que partilhaste a radiografia à reacção muscular de um violinista a interpretar a ‘Valsa nº 2’ de Shostakovich que me sinto assombrado: dentro de mim, entre os limites destas costelas acústicas, circula – a respeitar o sentido dos ponteiros do relógio – uma orquestra de cordas inteira e um gato malhado à procura de par para valsar.
Creio deveras rude nenhum dos cinco violinistas desconsertar-se do seu instrumento e mascarar-se de felino para dançar. Seria simples, bastaria ao herói desatar-se de cada uma dessas cordas e dirigi-las, violino a violino, aos restantes colegas com ombros de nadador olímpico, passando a fazer com os dedos dos pés aquilo que tão bem faz com os dedos das mãos. É tão possível quanto o prova a radiografia!
Da minha parte, prometo com juramento assinado em papel timbrado depositado na conservatória de Riga e com uma cópia a cores entregue no conservatório da mesma cidade-oásis-deserto, passarei a partir de hoje a redigir todas as minhas estórias em caderninhos de música, em que cada folha ímpar é dotada de três pautas compostas por cinco linhas de bigodes verticais horizontais, perpendiculares paralelas e cruzadas equidistantes.

One response to “shortcut #24: da valsa

duty of response

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s