#1362

Nunca quis ser astronauta. Nunca quis ser bailarina. Nunca tive grandes ambições. Nunca me vi como uma heroína. […] Não amadureci ainda o suficiente para ligar os pontos todos, vou-me apercebendo das relações de causa-efeito com a distância. Mas olhando para trás consigo dizer que me apaixonei por ilustração quando o meu pai me levou, aos 14 anos, a uma exposição incrível feita integralmente por ilustradores portugueses.

Mariana a Miserável, ilustradora, jornal Público

duty of response

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s