#1369

No verão percebemos que afinal temos história e que ela se declina numa pluralidade de pequenas histórias, no entrelaçado de sentimentos, coisas vividas ou não, sentidas com entusiasmo ou mastigadas com mágoa, mas que se tornaram inseparáveis de nós. Afinal não somos afásicos como supomos, somando experiências em vertigem mas sem nada para dizer, fugindo do assunto quando o assunto é a vida e o que a qualifica, esbarrando às cegas em vez de nos expormos ao encontro. Afinal somos capazes de presença.

José Tolentino Mendonça, revista do semanário Expresso

duty of response

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s