#1447

[Stéphane] Brizé contou na conferência de imprensa [da apresentação do filme ‘Une Vie’] que tendo rodado ao longo de vários períodos, para apanhar as estações do ano, nas primeiras cinco semanas filmou, por exemplo, só personagens a andar, a passear, a contemplar a natureza, material esse que se fosse integrado numa estrutura linear seria impossível de aguentar para qualquer espectador. O resultado é, ao invés, poderosamente evocativo, vivo, como se estivesse a ser construído ali. São as impressões de uma vida igual à nossa, porque não há épocas para a violência do mundo.

Vasco Câmara, jornal Público

duty of response

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s