#1522

Se o dinheiro pudesse pensar, que explicação teria ele para nos dar? Alexander Kluge acha que um dos núcleos dessa explicação é uma categoria importantíssima em Marx: a mercadoria e o seu carácter de fetiche, isto é, aquela faculdade de encantamento e transfiguração que põe os objectos a exibir um valor que não é o do uso e a executar uma dança prodigiosa diante de nós, enfeitiçando-nos.

António Guerreiro, Ipsilon

duty of response

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s