#1575

Os desenhos [de Manuel Aires Mateus] exploram a abstracção dos espaços, são volumes simples que acentuam a geometria das superfícies. Imagine-se um quadrado, um círculo, uma estrela, uma cruz, as superfícies transformam-se em volumes cujas dimensões permitem ser habitados e habitar esses espaços transforma-se por si só numa experiência física singular. Passamos a viver num universo de formas, aparentemente puras e lapidares, mas cujas intersecções entre elas geram momentos sublimes. Subir as escadas para o piso superior passa a ser uma experiência transcendente, um janelão aberto sobre a paisagem transporta para o interior a vitalidade da vida exterior, cada espaço tem uma singularidade própria que lhe dá carácter, um carácter evidente, forte.

André Tavares, jornal Público

duty of response

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s