#1584

Penetrar em Buzludzha [casa-monumento do partido comunista búlgaro] pode ser tão complicado como resolver um escape game. Não basta, para isso, pesquisar fóruns na internet e seguir pistas deixadas como migalhas no instagram. No espaço de dias, a única entrada assinalada no mapa dos exploradores pode já estar soldada como todas as outras portas do complexo e a entrada do buraco que conduzia a uma das entradas pode já estar soterrada. Na maior parte das vezes, quando se fecha uma porta em Buzludzha, abre-se uma janela em Buzludzha – ou, neste caso, fica ao pendurão um cabo e uma grade de ventilação, uma escada improvisada para o desnível no interior do elefante branco.

Luís Octávio Costa, fugas

duty of response

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s