#1606

No espectáculo [de teatro] ‘Canas 44’ […] elas são duas, as intérpretes, Leonor Keil e Rafaela Santos. […] Uma decidiu sair de Canas de Senhorim, a outra decidiu ir viver para Canas de Senhorim. […] Canas de Senhorim foi um lugar próspero, cosmopolita, movimentado, que tinha engarrafamentos à meia-noite e mulheres chiques a cheirar a perfume pelas ruas, campos de golfe e de ténis, termas; e minas, e fornos eléctricos, e muita poluição, e muita poluição, e muito barulho, tudo como nos grandes centros, apesar de ser no centro do país e de ser um lugar pequeno.

João Carneiro, revista do semanário Expresso

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s