#1607

Edvard Munch perdeu a mãe (tuberculosa) quando tinha cinco anos, e a adorada irmã mais velha, Sophie, aos catorze. Tísica e insanidade corriam na família. A fotografia também lhe servia para aferir a própria forma física. Depois de observar o seu auto-retrato, nu e de perfil, em 1904, escreveu: ‘Após consultar a minha vaidade, decidi dedicar mais do meu tempo a atirar pedras, a lançar o dardo e a nadar.’

Jorge Calado, revista do semanário Expresso

duty of response

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s