#1639

‘Pura vida’, já se diz a entrar no espírito dos ‘ticos’ [costa-riquenhos], para quem a expressão se tornou símbolo e slogan nacional. […] É uma forma de comunicação e também uma forma de estar: a arte de apreciar as coisas simples, de ser humilde, de manter o sorriso. Um carpe diem em versão tropical. […] A Costa Rica parece vestir uma capa de protesto pacífico. Reacção à sociedade da correria, do descartável, do desrespeito. Pode haver quem considere que levam as coisas muito a peito. É proibido alimentar os animais, tirar selfies com eles. É obrigatório respeitar a natureza, preservá-la. […] Aqui cresceu o país com a mais estável democracia da América Central, que aboliu o exército em 1948 e investiu o que nele gastava em escolas e condições sanitárias – e por isso tem hoje mais professores do que polícias, uma taxa de alfabetização acima dos 95%, uma esperança média de vida que se aproxima dos 80 anos. Na pequena geografia cabem 5% da biodiversidade mundial e algumas das praias mais belas do planeta. Mais de 20% do território nacional foi transformado em reservas naturais protegidas (por isso há mais reservas do que cidades) e, até 2021, espera-se transformar o desejo de ser o primeiro país do mundo livre de dióxido de carbono em realidade.

Mariana Correia Pinto, fugas

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s