#1682

Quem entra na renovada Estufa Grande do Jardim Botânico da Universidade de Coimbra (UC) depara-se com um espelho de água, num espaço anteriormente preenchido por um canteiro com árvores. A superfície líquida ao nível do solo reflecte a estrutura de ferro fundido e vidro que lhe dá cobertura. É esse lago que vai receber em breve a planta mais icónica do jardim. A Victoria Régia, um nenúfar com folhas redondas de grandes dimensões, anteriormente alojada ao lado, numa estufa menor. […] Plantado por esta altura do ano, o nenúfar gigante (pode aguentar com uma criança até 40 quilos) proveniente da Amazónia ficará no lago central, também em condições controladas. “A Victória precisa de temperaturas de água superiores a 20 graus” e atinge o seu pico em Agosto, quando produz uma flor que dura apenas um dia, conta. Devido ao seu carácter efémero, a Vitória é plantada todos os anos.

Camilo Soldado, jornal Público

duty of response

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s