#1743

Escrevo muito de noite, até às duas da madrugada e edito de manhã, pelas 8h30 ou 9h, que é quando estou mais rabugento e, portanto, mais cruel comigo mesmo. Logo, é quando essa edição é mais eficaz.

Nuno Camarneiro, escritor, revista do semanário Expresso

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s