#1770

Sonho de vida seria entre a leitura e o mar. e se não houver mar pode haver jacarandás. Quando, em Lisboa, o colombiano que mais sabe de Fernando Pessoa e de literatura portuguesa escolhe, hesita entre um cenário e outro.

Isabel Lucas, jornal Público

A minha identidade já é feita das duas coisas, não as consigo dissociar. De manhã sou mais português no sentido em que estando em Bogotá estou no horário de Portugal, a tratar de coisas de Lisboa, e é de manhã que dou aulas de Literatura Portuguesa. Da parte da tarde já estou mais na Colômbia.

Jerónimo Pizarro, professor e investigador, jornal Público

7 responses to “#1770

duty of response

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s