shortcut #51: do desequilíbrio

invoco o equilíbrio
para esboçar o seu contrário:
ora declinado ao precipício,
ora fragmentado ao pré-póstumo,
o actual regurgita-se como uma sucessão de trôpegos paradoxos.
atente-se ao escriba,
cujos sussurros desenham-se desproporcionalmente erectos
face a um âmago de oficina, de fábrica, de cirurgia,
de risco.
sendo o turbilhão a origem do pássaro
e a réplica da asa o inesperar da dança,
escrevo e reescrevo o desequilíbrio.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s