#1872

No temível catálogo das maquinações da indústria psicológica ou psiquiátrica, há uma neurose (creio que é o termo técnico e clínico) que tem um nome irresistível, quase poético, e que merece a minha particular afeição. Chama-se neurose da vida provisória e costuma legendar a existência daqueles seres para os quais a vida verdadeira nunca é ali, por assim dizer, mas é sempre além ou aquém, noutro lugar ou noutro tempo, etc.

Mário Santos, Ipsilon

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s