#1879

Porque é que havia de chover tanto no dia em que resolvi sair de sandálias? […] Porque é que o céu é azul? Porque é que andas tão macambúzia? Porque é que o gato está a recusar estas gambas do Algarve? Porque é que estás a dar esta volta? Porque é que aquele menino está a chorar e a apontar para mim? Alguma coisa foi, alguma coisa terá sido. E não há-de ser nada.

Miguel Esteves Cardoso, jornal Público

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s