#2051

Serão as opções dos cidadãos fruto de realidades ou, antes, a consequência de percepções individuais e/ou colectivas que nascem e crescem a partir do terreno fértil dos medos? O medo de estar a ser explorado, o medo de ver a segurança física ameaçada, o medo de perder o emprego, o medo dos riscos vagos da globalização, o medo de não ser capaz de enfrentar a diferença, o medo de perder a memória das colectividades locais ou regionais. […] [Será que] podemos confiar naquela sensatez que nos alimenta enquanto comunidade há tantos séculos para não nos deixarmos embalar nas percepções sentidos e não verificadas, nas convicções superficiais nunca questionadas?

Elisa Ferreira, política e economista, jornal Público

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s