#2089

Em Milão tenho um estúdio pequeno, um quarto, que está completamente forrado de livros. Eu chamo àquilo um bunker. É um bocado claustrofóbico, mas sinto-me bem ali. Durante muitos anos trabalhei sobre uma superfície bem pequena. As pessoas perguntavam-me porque fazia desenhos pequenos… Era o espaço que tinha! Mas eram uma imersão naquele espaço e a sua incomensurável abertura.

Pedro A. H. Paixão, artista plástico, revista do semanário Expresso

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s