#2125

Na região de Mourão, junto ao Alqueva, [situa-se] um dos locais onde, devido à baixa poluição luminosa, as condições são ideais para as observações astronómicas. […] Quando regressamos à Herdade dos Delgados, é já noite escura e o céu está cheio de estrelas. É o cenário ideal para que Nelson Nunes e Leonel Godinho, do Observatório do Lago Alqueva, nos ajudem a perceber que estrelas e constelações vemos a partir daqui. Sentamo-nos nas cadeiras colocadas junto à piscina, enrolamo-nos em mantas alentejanas, porque começa a arrefecer, e preparamo-nos para olhar o céu, seguindo os feixes de luz com que os astrónomos iluminam a noite e ouvindo as explicações que nos vão dando – o que são estrelas e o que são planetas, como os distinguimos, o que é que emite luz e o que não emite, que estrelas já morreram, a quantos anos-luz estão de nós, de que cor são ou parecem ser. Aprendemos muito, confirmando que o céu é um mistério permanente sempre com coisas novas por revelar.

Alexandra Prado Coelho, Fugas

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s